Área de Concentração: Enfermagem no Contexto Amazônico.

Desenvolver estudos e ações que atendam às necessidades de saúde da população e influenciem mudanças nos serviços e sistemas de cuidados e ensino em enfermagem, com ênfase no contexto amazônico, portanto, interessam as políticas públicas, particularmente àquelas que dão à saúde e educação características de um bem coletivo. No contexto amazônico encontram-se diversidades e singularidades que perpassam pelo ambiente, pela fauna, pela flora e por sua população, portanto, a região demanda informações, políticas e infraestrutura que necessitam ser produzidas levando em conta essas especificidades. É nesse cenário que se insere o Mestrado impulsionando avanços na produção de conhecimento e no desenvolvimento tecnológico na área da Enfermagem, no contexto amazônico.

Linha de Pesquisa: Políticas de Saúde no Cuidado de Enfermagem Amazônico.

Estudos voltados para políticas públicas de saúde com ênfase no Sistema Único de Saúde, cuidado de enfermagem individual e coletivo nas diversas fases do ciclo vital, concepções de saúde, epidemiologia e indicadores de saúde na região Norte.

Linha de Pesquisa: Educação, Formação e Gestão para a Práxis do Cuidado em Saúde e Enfermagem no Contexto Amazônico.

Estudos relacionados à educação, ensino e gerência do cuidado de enfermagem, transformações no mundo do trabalho, educação em saúde e formação profissional em saúde, especialmente do enfermeiro.

Atualmente essas duas linhas de pesquisa sustentam a base teórica, filosófica e política dos dois Grupos de Pesquisa respectivamente: Estudos de políticas em saúde no cuidado de enfermagem amazônico (EPOTENA) e Grupo de estudos em educação, formação e gestão para a práxis do cuidado de enfermagem (EDUGESPEN).